Agora só falta Canoas

16/11/2018

A PPP da Corsan foi notícia da coluna do Rodrigo Becker no Diário de Canoas, confira:

 

Agora só falta Canoas

Com o ‘ok’ do governador eleito Eduardo Leite (PSDB), o prefeito de canoas, Luiz Carlos Busato (PTB) reencaminha à Câmara na semana a partir da semana que vem o projeto de lei que autoriza a Parceria Público Privada da Corsan. Na prática, o projeto destrava os planos da Corsan para investir R$ 1,83 bilhões e dotar 87,3% das casas da Região Metropolitana de esgoto tratado em 11 anos.

O Dinheiro viria da iniciativa privada — que receberia, em troca, a concessão para explorar o serviço por 35 anos.

Atualmente, só cerca de 27% do esgoto doméstico de Canoas é tratado. Com o ritmo de investimento na área, se levaria mais de meio século para chegar aos 80% de tratamento, segundo informações da Corsan.

 

Outro clima

Busato tentou convencer a Câmara a aprovar a medida em setembro, mas não teve sorte. Com a proximidade do primeiro turno da eleição e com um terço dos vereadores disputando cargos no legislativo estadual e federal, o clima por lá não foi favorável.

 

Governador eleito quer

Outra: havia o temor da Câmara, compartilhada pelo governo, que o novo governador não quisesse levar adiante a ideia da PPP. Eduardo Leite, no entanto, já disse que topa o investimento como forma de ampliar o serviço na região.